Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DOS PAIS

De 14 à 20/08

“Abençoa o teu filho com as tuas palavras e conduta, fazendo-te amigo dele em todas as situações.”
Joanna de Ângelis

AMIGOS

Pais e Filhos, nesta semana que se comemora o Dia dos Pais, reflita sobre a condição que se encontra.
Você que é Pai, lembre-se do compromisso dessa missão, onde Deus nosso Criador, o escolheu, como merecedor de Sua confiança para receber em seus braços e na sua vida um espírito para amar, educar, instruir e principalmente através de seus exemplos mostrar o caminho para se tornar um homem de bem.
Essa missão não é apenas para a fase da infância e adolescência e sim para o resto da vida, portanto assuma com amor e responsabilidade a missão que lhe foi confiada.
Você que é filho (a) seja grato pela oportunidade de ter um pai (mesmo que já seja desencarnado). Este Ser te recebeu em seus braços para amá-lo e educá-lo… Mesmo que algumas vezes tenha sido duro em suas colocações, procure entender a responsabilidade de instruir um ser que não vem com manual de instruções e sim com uma bagagem de conhecimentos e conquistas de outras existências. Tenha certeza que mesmo sem saber se estava acertando ou não ele faz ou fez o melhor que pôde.
Estejam juntos sempre que possível e necessário, fortalecendo ainda mais os laços de afeto, respeito e gratidão.
Nesse dia, como em todos os outros, não se preocupe com o Presente, mas sim com a PRESENÇA.
FILHO seja a sua PRESENÇA o PRESENTE para o seu pai.
PAI seja a sua PRESENÇA o exemplo para formar uma base de amor e equilíbrio na vida do seu filho.
Feliz todos os dias para PAIS e FILHOS!!!

Texto do Evangelho para a semana: Capítulo XIV – Item 9 (parágrafos do 1 ao 4) – A ingratidão dos filhos e os laços de família.

Mensagem aos Pais

“E vós, pais, não provoqueis a ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor.”- Paulo (Efésios, 6:4.)
Assumir compromissos na paternidade e na maternidade constitui engrandecimento do espírito, sempre que o homem e a mulher lhes compreendam o caráter divino.
Infelizmente, o Planeta ainda apresenta enorme percentagem de criaturas mal avisadas relativamente a esses sublimes atributos.
Grande número de homens e mulheres procura prazeres envenenados nesse particular.
Os que se localizam, contudo, na perseguição à fantasia ruinosa, vivem ainda longe das verdadeiras noções de humanidade e devem ser colocados à margem de qualquer apreciação.
Urge reconhecer, aliás, que o Evangelho não fala aos embriões da espiritualidade, mas às inteligências e corações que já se mostram suscetíveis de receber-lhe o concurso.
Os pais do mundo, admitidos às assembleias de Jesus, precisam compreender a complexidade e grandeza do trabalho que lhes assiste.
É natural que se interessem pelo mundo, pelos acontecimentos vulgares, todavia, é imprescindível não perder de vista que o lar é o mundo essencial, onde se deve atender aos desígnios divinos, no tocante aos serviços mais importantes que lhes foram conferidos.
Os filhos são as obras preciosas que o Senhor lhes confia às mãos, solicitando-lhes cooperação amorosa e eficiente.
Receber encargos desse teor é alcançar nobres títulos de confiança.
Por isso, criar os filhinhos e aperfeiçoá-los não é serviço tão fácil.
A maioria dos pais humanos vivem desviados, através de vários modos, seja nos excessos de ternura ou na demasia de exigência, mas à luz do Evangelho caminharão todos no rumo da era nova, compreendendo que, se para ser pai ou mãe são necessários profundos dotes de amor, à frente dessas qualidades deve brilhar o divino dom do equilíbrio.
Emmanuel

Do Livro: Vinha de Luz
Pelo Espírito: Emmanuel
Psicografia de: Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira