Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DOS BONS PENSAMENTOS

Semana de 07 a 13 de Outubro.

“Examina os teus desejos e vigia os próprios pensamentos, porque onde situares o coração aí a vida te aguardará com as asas do bem ou com as algemas do mal.”
Emmanuel

AMIGOS

É com o pensamento que tudo começa. Somos muitos, encarnados e desencarnados pensando ao mesmo tempo e nem sequer imaginamos o poder mental que temos.
Cultivar bons pensamentos é necessário para que possamos mudar o padrão vibratório ao nosso redor.
A recomendação de Jesus, “orai e vigiai”, nunca esteve tão atual e necessária. Não devemos nos descuidar de nossos pensamentos.
Pensar no bem, ouvir uma boa música, fazer uma boa leitura, ver bons programas de televisão, bons filmes, enfim sintonizar com o bem é bom para todos.
Mesmo que pareça difícil manter o pensamento positivo, com o exercício da prece, rogando ao Pai, seremos ajudados e com o pensamento equilibrado, evitaremos muitos males.

Texto do Evangelho para a semana – cap. VIII – item 5 e 6 – Pecado por Pensamento – Adultério

PENSAMENTOS

“Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude e se há algum louvor, nisso pensai.” – Paulo. (Filipenses, 4:8.)
Todas as obras humanas constituem a resultante do pensamento das criaturas. O mal e o bem, o feio e o belo viveram, antes de tudo, na fonte mental que os produziu, nos movimentos incessantes da vida.
O Evangelho consubstancia o roteiro generoso para que a mente do homem se renove nos caminhos da espiritualidade superior, proclamando a necessidade de semelhante transformação, rumo aos planos mais altos. Não será tão somente com os primores intelectuais da Filosofia que o discípulo iniciará seus esforços em realização desse teor. Renovar pensamentos não é tão fácil como parece à primeira vista. Demanda muita capacidade de renúncia e profunda dominação de si mesmo, qualidades que o homem não consegue alcançar sem trabalho e sacrifício do coração. É por isso que muitos servidores modificam expressões verbais, julgando que refundiram pensamentos. Todavia, no instante de recapitular, pela repetição das circunstâncias, as experiências redentoras encontram, de novo, análogas perturbações, porque os obstáculos e as sombras permanecem na mente, quais fantasmas ocultos.
Pensar é criar. A realidade dessa criação pode não exteriorizar-se, de súbito, no campo dos transitórios, mas o objeto formado pelo poder mental vive no mundo íntimo, exigindo cuidados especiais para o esforço de continuidade ou extinção.
O conselho de Paulo aos filipenses apresenta sublime conteúdo. Os discípulos que puderam compreender-lhe a essência profunda, buscando ver o lado verdadeiro, honesto, justo, puro e amável de todas as coisas, cultivando-o, em cada dia, terão encontrado a divina equação.

Do livro: Pão Nosso
De: Emmanuel
Psicografia de: Francisco Cândido Xavier.