Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DOS BONS EXEMPLOS

“O exemplo não é a melhor forma de educar. É a única.”
Paulo Freire

Amigos do Grupo

É pelos atos e atitudes, mais do que por qualquer outra maneira, que expressamos nossos pensamentos e refletimos nosso ser. Não adianta palavras aveludadas de bondade, fórmulas maravilhosas de conduta se não as vivenciamos no modo como tratamos as pessoas e os fatos que se descortinam em nosso dia-a-dia.
Jesus, o maior pedagogo, ensinou, mas principalmente, vivenciou os seus ensinamentos, dando o bom exemplo de mansuetude, benevolência, indulgência e perdão para com todos os que o cercavam.
Sabemos o quanto é difícil coadunar na prática os ideais proferidos na véspera, porém, temos como modelo a conduta do Mestre Jesus. Assim, vamos estudar e entender seus exemplos, a luz da razão. E logo mais perceberemos que aos poucos conseguiremos sintonizar nossos discursos, nossos ideais de vida, nossa fé com o exemplo da prática da caridade que nos cabe para com nossos semelhantes.

Texto do Evangelho para a semana:
Capitulo: VI – Item 06

JESUS E VOCÊ

Nosso Mestre não se serviu de condições excepcionais no mundo para exaltar a luz da verdade e a bênção do amor.
Em razão disso, não aguarde renovação exterior na vida diária, para ajudar. Comece imediatamente a própria sublimação.
Jesus não tinha uma pedra onde recostar a cabeça.
Se você dispõe de mínimo recurso já possui mais que Ele.
Jesus, em seu tempo, não desfrutou qualquer expressão social. Se você detém algum estudo ou título, está em situação privilegiada.
Jesus esperou até aos trinta anos para servir mais decisivamente. Se você é jovem e pode ser útil, usufrui magnífica oportunidade.
Jesus partiu aos trinta e três anos. Se você vive na idade amadurecida e dispõe do ensejo de auxiliar, agradeça ao Alto, dando mais de si mesmo.
Jesus não contou com os familiares nas tarefas a que se propôs. Se você convive em paz no recinto doméstico, obtendo alguma cooperação em favor dos outros, bendiga sempre essa dádiva inestimável. Jesus não encontrou ninguém que o amparasse na hora difícil. Se você recebe o apoio de alguém nos momentos críticos, saiba ser grato.
Jesus nada pôde escrever. Se você consegue grafar pensamentos na expansão do bem, colabore sem tardança para a felicidade de todos. Vemos, assim, que a vida real nasce e evolui no espírito eterno e não depende de aparências para projetar-se no rumo da Perfeição. Jesus segue à frente de nós. Se você deseja acertar, basta apenas segui-lo.
Sigamo-lo, pois.

Do livro: O Espírito da Verdade
Psicografia de: Francisco Candido Xavier e Waldo Vieira
Autores Diversos