Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DO LIVRO ESPÍRITA

Semana de 30 de setembro a 06 de outubro.

“Os livros não mudam o mundo; as pessoas mudam o mundo; os livros mudam as pessoas.” (Mário Quintana)

AMIGOS

Saudamos a extraordinária missão desse companheiro de todas as horas, nos mais diversificados formatos, sempre com o propósito de ilustrar, esclarecer e consolar, intermediando os saberes, em todas as épocas, acumulados no processo de evolução do ser humano.

O livro é o médium da informação, do conhecimento e da sabedoria. E o livro espírita possui a importante missão de espargir luzes de esclarecimento e consolação a todas as mentes sedentas de explicações e àquelas em busca de entendimentos, bem como, de auxílio aos corações aflitos que anseiam acalmar sofrimentos e encontrar alívio aos seus pesares.

Nesta semana em que comemoramos o aniversário de nascimento de Allan Kardec, agradecemos-lhe o cumprimento da sublime missão, reconhecendo também ser o livro espírita o veículo que viabiliza o maior alcance de divulgação do espiritismo.

Texto do Evangelho para a semana: Cap. XVII – Item 05 – Parábola do Semeador

LIVRO ESPÍRITA E VIDA

O pão elimina a fome. O livro espírita suprime a penúria moral.
O traje compõe o exterior. O livro espírita harmoniza o íntimo.
O teto abriga da intempérie. O livro espírita resguarda a criatura contra os perigos da obsessão.

O remédio exclui a enfermidade. O livro espírita reanima o doente.
A cirurgia reajusta os tecidos celulares. O livro espírita reequilibra os processos da consciência.

A devoção prepara e consola. O livro espírita reconforta e explica.
A arte distrai e enternece. O livro espírita purifica a emoção e impele ao raciocínio.

A conversação amiga e edificante exige ambiente e ocasião para socorrer os necessitados da alma. O livro espírita faz isso em qualquer lugar e em qualquer tempo.

A força corrige. O livro espírita renova.
O alfabeto instrui. O livro ilumina o pensamento.

Certamente é dever nosso criar e desenvolver todos os recursos humanos que nos sustentem e dignifiquem a vida na Terra de hoje; todavia, quanto nos seja possível, auxiliemos a manutenção e a difusão do livro espírita que nos sustenta e dignifica a vida imperecível, libertando-nos da sombra para a luz, no plano físico e na esfera espiritual, aqui e agora, depois e sempre.

Do Livro: Laços de Família
Letra da Música de: Moacyr Camargo
Psicografia de: Divaldo Pereira Franco/Autores Diversos