Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DO EMPENHO

“Liberta-te das impressões negativas que te acompanharam ao leito, na noite passada, e dispõe-te a encarar o mundo e as pessoas com uma dose de boa vontade”.
Joanna de Ângelis

AMIGOS
No dicionário Empenho significa: esforço e interesse.
O convite dessa semana é para nos Empenharmos.
Sabemos que, diante da correria do dia a dia e das dificuldades que temos que enfrentar, é muito difícil nos voltarmos para dentro de nós mesmos e fazermos uma análise daquilo que temos que mudar.
Muitas vezes mascaramos nossos defeitos e nos empenhamos em colocar o defeito, dos outros, em evidência.
É necessário que nos empenhemos com vontade e fé naquilo que é necessário e que somos capazes de modificar e realizar.
Devemos nos empenhar na nossa transformação em Homens de Bem, nos preocupando com as nossas atitudes diante de qualquer acontecimento que surja na nossa vida, pois serão essas atitudes que terão grande peso no resultado final das nossas conquistas, enquanto homens e enquanto espíritos encarnados em processo de evolução.
Empenhemo-nos de coração e com certeza alcançaremos a verdadeira felicidade.

Texto do Evangelho para a semana: Cap. XVII – Item 3 – O Homem de Bem

Notas de Cada Dia…

Convence-te de que não existem males eternos.
Toda dor chega e passa.
O dia é sempre novo para quem trabalha.
Não conserves ressentimentos.
A desilusão de agora será bênção depois.
A dificuldade é uma escola.
Servir é um privilégio.
Auxilia para o bem.
Nada reclames.
Gritos não valem.
Queixas não apagam dívidas.
Tristeza inerte é sinônimo de tempo perdido.
A paciência operosa realiza prodígios.
Fala acendendo a luz da esperança.
Esqueça as ofensas, quaisquer que sejam.
Agressores são doentes a serem medicados pelos recursos de Deus.
Não menosprezes a crítica.
Valoriza os amigos.
Respeite os adversários.
Resguarda a consciência tranquila.
Exerce a beneficiência por dever.
Hoje auxiliamos, amanhã seremos os necessitados de auxilio.
Não cobres tributos de gratidão.
Agradeçamos as bênçãos que Deus nos concede gratuitamente.
Prestigia a existência que a Sabedoria Divina te concedeu.
Muito importante recordar que, na morte, todos encontramos, antes de tudo, aquilo que fizemos da própria vida.
Olvida (esqueça) contrariedades, trabalhando e servindo sempre.
E, à frente de quaisquer obstáculos ou de quaisquer desenganos, não te esqueças de que o tempo de hoje continuará no amanhã.

Texto extraído do livro: Atenção
Pelo espírito: Emmanuel
Psicografia de: Francisco Cândido Xavier