Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DO COMPROMISSO

“ Em todos os ângulos do caminho, encontraremos sugestões do Senhor desafiando-nos a atendermos nossos compromissos.”
André Luiz

Amigos do grupo

A partir do momento em que decidimos dedicar algumas horas de nossa vida, para trabalhar em favor de nossos irmãos, necessitamos tomar consciência de que se trata de atitude mais que louvável e digna.
Porém é necessária muita atenção na execução deste trabalho.
Acima de tudo é preciso que exista uma união muito forte entre todos os trabalhadores, pois sabemos que ninguém faz nada sozinho.
Tudo o que fazemos com amor, só pode gerar bons frutos, portanto se faz indispensável uma análise rigorosa no sentido de que falhas sejam afrontadas sem melindres, sem julgamentos, para que os desentendimentos, caso existam, sejam esclarecidos, sem causar rusgas entre pessoas que buscam um mesmo ideal.
Muita vontade de acertar, calma, humildade e comprometimento com a causa, para que lá na frente, num futuro bem próximo todos possamos colher os frutos da vitória nesta batalha eterna e incansável em busca do aprendizado e da Reforma Intima.

ASSUMINDO COMPROMISSOS

Nos tempos em que a descrença impera:
A falta de fé se faz gritante,
A duvida é a maior certeza de toda uma humanidade,
A falta de convicção no sentido de que as coisas podem melhorar; a enorme constatação da vitória da corrupção que humilha aqueles que ainda lutam pela justiça; tudo isso faz com que o homem justo, de certa forma tenha vontade de desistir: Desistir da crença, Desistir da justiça; Desistir da honestidade; Desistir de viver.
Porém, para aquele que pratica a Doutrina Espírita, vejam bem eu disse aquele que pratica e não aquele que se diz Espírita, pois as reações são bem diferentes.
Dizer-se espírita, pode se resumir a assistir palestras, tomar passes, assistir ou participar de eventos, criticar procedimentos, traçar planos mirabolantes em alguns sentidos.
Mas, ser espírita, na verdadeira acepção da palavra, é colocar tudo em prática. É estar presente e participar ativamente de todas as decisões difíceis da casa e da causa nas horas rudes, nas horas de cobrança, colaborando e promovendo a união sincera de todos os que comungam da mesma opinião e crença.
Ser espírita é trabalhar para o próximo.
É dar ao irmão tudo aquilo que ele não tem e que talvez nem mesmo você tenha tido um dia no passado, mas que hoje pode doar.
Ser espírita é renunciar aos momentos de lazer fúteis, trocando-os pela alegria de levar palavras de consolo àqueles irmãos solitários, doentes, velhos e abandonados.
Ser espírita é transformar o pranto triste e sofrido do irmão, em lágrimas de alegria e agradecimento.
É doar-se inteiramente, sem esperar recompensa ou retorno imediato. Ser espírita é transformar-se num espírito feliz, na plenitude da palavra e do sentimento.
É sentir-se e fazer com a sua convicção, com que todos que estão à sua volta, sintam-se como uma arvore gigante e indestrutível, poderosa pela força Divina que traz em si.
E finalmente, ser espírita é seguir ao pé da letra, os exemplos de humildade, paciência, resignação e trabalho além de muitos outros deixados por nosso Mestre Jesus.

Colaboração do trabalhador do IEOB
Francisco Tadeu Medeiros