Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DO APRENDIZADO

“Outro não foi o título exigido por Jesus, senão o de Mestre, fazendo-nos discípulos permanentes ante o sublime livro da vida.”
Joanna de Ângelis

Amigos do Grupo

Joanna de Ângelis nos diz que: “viabilizar-se o estudo, dando-se condições básicas para que ele se realize é responsabilidade do Centro Espírita; realizá-lo é tarefa do espírita.”
“Aprender é ampliar o significado da vida.” O saber representa renovação, descobertas, possibilidades novas. A aprendizagem espírita é luz no caminho, apontando as saídas libertadoras. Estudar é atitude essencial à vida.
Kardec, no Livro dos Médiuns, capítulo 27, obtém a seguinte resposta dos Espíritos: “Para se discernir do erro a verdade, preciso se faz que as respostas sejam aprofundadas e meditadas longa e seriamente. É um estudo completo a fazer-se. Para isso, é necessário tempo, como para estudar todas as coisas. Estudai, comparai, aprofundai. Incessantemente vos dizemos que o conhecimento da verdade só a esse preço se obtém.
Estudai, antes de praticardes, porquanto é esse o único meio de não adquirirdes experiência à vossa própria custa.”
Mais um ano de aprendizado se inicia. Estejamos abertos para esta oportunidade, mergulhando o quanto possível no estudo, preparando-nos cada vez mais para um melhor desempenho.

Texto do Evangelho para a semana:
Cap. VI – item 5 – Advento do Espírito de Verdade

O MUNDO EM SUAS MÃOS

Não deixe passar um só dia sem o empenho de aprender.
Nossa mente, se assim posso dizer, tem propriedades elásticas. Quanto mais coisas botamos dentro dela, mais cresce, mais poderosa fica, mais capaz…
E quanto mais aprendemos, melhor compreenderemos a vida, mais equilibrados ficamos, mais felizes vivemos.
Sócrates, que foi um grande sábio da Antigüidade, dizia:
Só há um mal, – a ignorância.
Só há um bem, – o conhecimento.
Ele queria dizer que os males em que nos envolvemos nascem sempre de não sabermos como lidar com a vida.
Mais exatamente, nascem de nossa ignorância.
Analisando friamente a questão você fatalmente reconhecerá que se conhecesse melhor as coisas, se tivesse uma visão mais clara sobre a vida certamente não estaria na prisão.
Por isso Sócrates afirma que o único bem é o conhecimento. Quem adquire o conhecimento fica sabendo o que é realmente importante em favor de sua felicidade.
Nessa busca de conhecimento há um amigo muito especial, disposto a nos acompanhar onde formos.
Está sempre pronto a nos atender e ensinar, a qualquer momento.
Nunca se cansa. Nunca se aborrece. Nunca se recusa. Esse amigo de todas as horas é o livro.
Com ele aprendemos as coisas mais importantes, aumentamos a nossa capacidade de pensar, viajamos.
Neste momento, enquanto lê estas linhas, você está livre como um pássaro, viaja comigo pelo maravilhoso país das idéias.
Talvez você não goste de ler.
Não está sozinho.
Muitas pessoas jamais abriram um livro… Não sabem o que estão perdendo. Mas não é tão difícil cultivar a leitura, basta criar o hábito.
Ler é um bom hábito. No começo é meio enjoado, cansativo, mas se insistimos lendo todo dia um pouco, acabaremos gostando, e leremos cada vez mais e entenderemos cada vez melhor.
Experimente.
Verá que é muito bom.

Do livro: Fugindo da Prisão – Richard Simonetti