Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DO ANO NOVO

SEMANA DO ANO NOVO

“Poderemos construir um ano bom a partir da nossa reforma moral, repensando os nossos valores, corrigindo os nossos passos, dando uma nova direção à nossa estrada particular.” Joanna de Angelis

Amigos do Grupo

Estamos dando início a um novo ano, e nesta época são feitos os balanços, surgem novos planos e renovam-se as esperanças. É também, momento de grande alegria e confraternização.
Se pararmos para analisar o que significa a passagem do ano, perceberemos que nada se modifica externamente. Tudo continua sendo como na véspera. Nós, e somente nós é que podemos construir um ano melhor, já que um feliz ano novo não se deseja, se constrói.
Quem quer um ano novo repleto de felicidades, não tem outra saída senão construí-lo. O importante é sabermos que o novo período de tempo que se inicia, como tantos outros que já passaram, será repleto de oportunidades, aproveitá-las bem ou mal, depende exclusivamente de cada um de nós.
Carlos Drumond diz em um de seus poemas; “É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre”

Por isso, façamos de 2011 um Ano muito Feliz!!!!

Texto do Evangelho para a semana:
Capítulo: XX – item: 5 “Os obreiros do Senhor”

Receita de Ano Novo

Para você ganhar belíssimo Ano Novo cor de arco-íris, ou da cor da sua paz.
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido(mal vivido talvez ou sem sentido). para você ganhar um ano não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, mas novo nas sementinhas do vir-a-ser, novo até no coração das coisas menos percebidas (a começar pelo seu interior) novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, mas com ele se come, se passeia, se ama, se compreende, se trabalha.
Você não precisa beber champanhe ou qualquer outra birita, não precisa expedir nem receber mensagens.(…)
Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar de arrependido pelas besteiras consumadas, nem tolamente acreditar que por decreto da esperança a partir de janeiro as coisas mudem e seja tudo claridade, recompensa, justiça entre os homens e as nações, liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, direitos respeitados, começando pelo direito augusto de viver.
Para ganhar um ano-novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo de novo,
Eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.

Carlos Drumond de Andrade