Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DO AMOR AOS SEMELHANTES

“Amor é a força da vida e trabalho vinculado ao amor é a usina geradora da felicidade”

André Luiz

Amigos do Grupo

Já percebemos que todos os problemas que atingem a humanidade são frutos da falta de amor entre as criaturas.
Existe falta de amor no egoísmo, na cobiça, na ignorância, na impaciência, na falta de caridade, na falta de compreensão, na falta de entendimento do outro.

É de André Luiz que nos vem os sábios conselhos:
– Cultive o amor ao próximo, com tanto empenho que você não consiga fixar-se em qualquer aversão.
– Creia na influência e na vitória do bem, com tanta convicção, que não possa prender-se a qualquer idéia do mal.
– Resguarde-se no trabalho, com tanta dedicação ao bem, que não conte com qualquer ensejo de atrapalhar aos outros.
– Sustente a própria compreensão, de tal maneira que disponha de meios para ver amigos e instrutores, em toda parte.
– Faça o melhor que puder, e reparte o teu pão com amor e o amor dos outros santificará o pão que te alimenta.

Texto do Evangelho para a semana – Capítulo XI item 8 – Lei de Amor

SE TIVERES AMOR

Se tiveres amor, caminharás no mundo como alguém que transformou o próprio coração em chama divina a dissipar as trevas…
Encontrarás nos caluniadores almas invigilantes que a peçonha do mal entenebreceu, e relevarás toda ofensa com que te martirizem as horas…
Surpreenderás nos maldizentes criaturas desprevenidas que o veneno da crueldade enlouqueceu, e desculparás toda injúria com que te deprimam as esperanças…
Observarás no onzenário ( interesseiro) a vítima da ambição desregrada, acariciando a ignomínia da usura em que atormenta a si próprio, e no viciado o irmão que caiu voluntariamente na poça de fel em que arruína a si mesmo…
Reconhecerás a ignorância em toda manifestação contrária à justiça e descobrirás a miséria por fruto dessa mesma ignorância em toda parte onde o sofrimento plasma o cárcere da delinqüência, o deserto do desespero, o inferno da revolta ou o pântano da preguiça…
Se tiveres amor saberás, assim, cultivar o bem, a cada instante, para vencer o mal a cada hora…
E perceberás, então, como o Cristo fustigado na cruz, que os teus mais acirrados perseguidores são apenas crianças de curto entendimento e de sensibilidade enfermiça, que é preciso compreender e ajudar, perdoar e servir sempre, para que a glória do amor puro, ainda mesmo nos suplícios da morte, nos erga o espírito imperecível à bênção da vida eterna.

Livro – Religião dos Espíritos
Emmanuel / Chico Xavier

Queridos Trabalhadores

Nestes dias que precedem as eleições de nossa casa, não deixemos que as influências das sombras nos coloquem em desarmonia. Cultivemos o equilíbrio e a vigilância para que nossa casa esteja resguardada, e os dias que antecedem a Assembléia sejam dias de paz, equilíbrio e união.

A Direção