Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DEDICADA A JUVENTUDE

“Se você é jovem ainda, amanhã velho será, a menos que o coração sustente a juventude que nunca morrerá!
Roberto Gómez Bolaños

Amigos

Pensemos durante esta semana nos nossos queridos jovens.
Muitas vezes, diante de situações lamentáveis envolvendo nossa juventude, nos equivocamos em nossa análise e dizemos que a juventude está perdida e que nada podemos esperar dos jovens de hoje.
Sabemos sim, que existem jovens em tormentosos desequilíbrios, cabendo-nos a tarefa de orientação e redirecionamento, mesmo que seja no exercício da prece ou de uma vibração de amor e respeito. Mas não podemos deixar de ver os inúmeros jovens lutadores que buscam a cada dia seu crescimento pessoal, através do árduo trabalho e do estudo, contribuindo para o desenvolvimento social e do planeta como um todo.
Quantos jovens estão à frente de ONGs buscando melhores condições de vida, de preservação do meio ambiente e lutando por uma sociedade mais igualitária e justa.
Inúmeros jovens participam dos movimentos religiosos, dando grandes exemplos de fé e responsabilidade. Temos nossos jovens espíritas, estudando e vivenciando os ensinamentos da Boa Nova com entusiasmo e dedicação. Temos também, a Juventude do IEOB que tem tido uma ativa participação em nossa Casa, estudando e debatendo, convivendo e se aprimorando.
Vemos desta forma, que temos muito mais jovens engajados e atuantes nas tarefas do bem que nas do mal.
Oremos por todos eles, pelos que estão perdidos, para que encontrem a fé e o verdadeiro objetivo de viver, e para aqueles que já o encontraram, que continuem firmes e corajosos, porque o futuro da Nova Era depende, em muito, da juventude de hoje.

Texto do Evangelho – Cap. XVII item 7 – O Dever

MOCIDADE
(André Luiz)

Prática do bem não estipula idade determinada.
É mais valiosa a mocidade quanto menos vivida na indisciplina.
Quem se aplica a servir, desde os anos da juventude, muito antes da velhice é servido pela vitória na madureza.
Se a juventude é início da ação, a maturidade é reação do tempo, revelando os resultados de nossa escolha.
Só aproveita a juventude na Terra quem lhe desfruta as bênçãos procurando sazonar as próprias experiências.
As zonas purgatoriais da Espiritualidade, se recebem diariamente inúmeros anciães, acolhem também vastas fileiras de novos habitantes que deixam o corpo humano em plena floração das energias corpóreas.
O período da juventude terrestre é o mais propício às modificações da dívida cármica.
Entretanto, lamentavelmente, há grande número de vidas humanas que se transviam da meta preestabelecida, no alvorecer da mocidade.
Jamais desprezes as horas do dia, mesmo na seara verde dos próprios sonhos.
Quem confunde espírito juvenil com irresponsabilidade, cava o abismo da própria falência.
Sem prestigiar a tristeza ou o pessimismo, associa alegria e serenidade, entusiasmo e prudência.
A base correta é a firmeza da construção.
Jovem amigo, a expressão física da idade não exonera dos compromissos diante da vida eterna; começa agora o serviço do Cristo e te sentirás, mais cedo, na posse da Verdadeira Sublimação.

Do livro “Sol na Almas”, psicografia de Francisco Candido Xavier.

impressora