Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DE VIVER PLENAMENTE

“As pessoas são em geral, tão felizes quanto decidem ser.”
Abrahan Lincoln

Amigos do Grupo

A palavra plenamente no dicionário tem o significado de inteiramente. Viver por inteiro, aproveitando cada momento para cumprir a lei de Deus em nós.
Viver buscando o progresso moral e intelectual, não se descuidando de que, aprender a sentir a dor do outro seja talvez o mais difícil progresso que precisamos desenvolver em nós.
Viver realizando o que nos ensina a lei de sociedade, procurando na difícil arte da convivência, amar plenamente aqueles que nós mesmos colocamos no nosso caminho aceitando o momento evolutivo de cada um, suas diferenças seus defeitos, por sabê-los parte de nossa vida.
Se, no ambiente de trabalho viver cada momento com respeito aos demais, tantos aos que sabem menos e podem aprender conosco, quanto aos que sabem mais, pois poderemos sempre aprender com eles.
Viver plenamente buscando ser justos e bons tanto quanto nosso Mestre Jesus nos ensinou a sê-lo, praticando a lei da caridade para com todos, e principalmente para conosco mesmos, pois não se pode dar aquilo que não se tem.
Aprendamos a amar-nos para amar o outro, viver com alegria para alegrar o outro, sorrir mais para fazer sorrir os que nos cercam, pois tudo contagia aqueles com quem convivemos, e, necessário se faz contagiarmo-nos de vida plena, para que os que vivem conosco, com a nossa ajuda também vivam plenamente.

Texto do Evangelho – Capitulo XVI item 12

Auxílios Sempre Possíveis

Sem quaisquer recursos especiais, você dispõe do poder de renovar e reerguer a própria vida.
Você pode ainda e sempre:
– avivar o clarão da alegria onde a provação esteja furtando a tranqüilidade;
– atear o calor do bom-ânimo onde a coragem desfaleça;
– entretecer o ambiente preciso à resignação onde o sofrimento domina;
– elevar a vibração do trabalho onde o desânimo apareça;
– extrair o ouro da bênção entre pedras de condenação e censura;
– colocar a flor da paciência no espinheiro da irritação;
– acender a luz do entendimento e da concórdia, onde surja a treva da ignorância;
– descobrir fontes de generosidade sob as rochas da sovinice;
– preparar o caminho para Jesus nos corações distantes da verdade.

Tudo isso você pode fazer, simplesmente pronunciando as boas palavras da esperança e do amor.

Do Livro Sinal Verde
André Luiz / Chico Xavier