Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DE REFLEXÃO

Semana de 06 a 12 de janeiro.

“Somos livres para decidir sobre os nossos atos, muito embora, nos tornemos escravos de suas consequências.”
Chico Xavier

AMIGOS

Refletir é meditar, pensar várias vezes; influenciar, revelar.
Sabendo a definição e nos inspirando na frase citada acima, vamos refletir: O que temos feito do nosso livre arbítrio?
Mergulhados em nossa rotina, temos encontrado tempo para cuidar do corpo físico e da alma?
O corpo físico precisa de alimentação saudável, atividade física e descanso. Mas tudo isso não adianta se junto não fizermos coisas que nos tragam a paz interior, que alimenta a alma e conquista o equilíbrio que nos transforma em seres melhores.
Vivemos esperando grandes momentos para tomarmos atitudes que nos destaquem e deixamos escapar, a todo instante, pequenas oportunidades de agirmos na construção do que realmente faz diferença em nossas vidas e na dos outros.
Olhemos ao nosso redor com olhos de amor, boa vontade e fé de que não estamos sozinhos nessa jornada rumo à evolução e encontraremos todos os estímulos que precisamos e que nos direcionam ao melhor caminho a seguir.
Reflitamos sobre a vida, Deus, a sua Justiça e amor à todos os seres viventes, para que nossas atitudes não nos tragam consequências escravizantes e sim as libertadoras, que nos proporciona a visão de uma realidade maior descobrindo que temos muito mais a agradecer e agir do que pedir e esperar.

Texto do Evangelho para a semana: Cap.: VII – Item: 13 – “Missão do homem inteligente na Terra”

EIA AGORA

“Eia agora, vós que dizeis… amanhã…” (Tiago, 4:13)

Agora é o momento decisivo para fazer o bem.
Amanhã, provavelmente…
O amigo terá desaparecido.
A dificuldade estará maior.
A moléstia terá ficado mais grave.
A ferida, possivelmente, mostrar-se-á mais crescida de extensão.
O problema talvez surja mais complicado.
A oportunidade de ajudar não se fará repetida.
A boa semente plantada agora é uma garantia da produção valiosa no porvir.
A palavra útil pronunciada sem detença, será sempre uma luz no quadro em que vives.
Se, desejas ser desculpado de alguma falta, aproxima-te agora daqueles a quem feriste e revela o teu propósito de reajustamento.
Se te propões auxiliar o companheiro, ajuda-o sem demora para que a benção de teu concurso fraterno responda às necessidades de teu irmão, com a desejável eficiência.
Não durmas sobre a possibilidade de fazer o melhor.
Não te mantenhas na expectativa inoperante, quando podes contribuir em favor da alegria e da paz.
A dádiva tardia tem gosto de fel.
“Eia agora” — diz-nos o Evangelho, na palavra apostólica.
Adiar o bem que podemos realizar é desaproveitar o tempo e furtar do Senhor.

Do Livro: Fonte Viva
Pelo Espírito: Emmanuel
Psicografia de: Francisco Cândido Xavier