Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DE REFLETIR SOBRE A FALA

“Quem aprende a ouvir com atenção, aprende a falar com proveito.”
Emmanuel

AMIGOS DO GRUPO

Entre tantos significados, Refletir é: meditar; cuidar; pensar exaustivamente; pensar bem em determinado assunto antes de tomar uma decisão.
Nesta semana estamos sendo convidados para REFLETIR sobre a fala.
Tem um versículo muito conhecido na Bíblia, no livro de Matheus cap.12, v. 34, que diz: “A boca fala aquilo que o coração está cheio”.
Do que o nosso coração esta cheio, nesse momento tão conturbado que se encontra o nosso planeta, o nosso país?
Quando alimentamos a desesperança cresce o mau humor, a tristeza, a incerteza e tantas coisas negativas que nos levam a práticas infelizes como: a maledicência, a falta de gentileza, desrespeito ao nosso próximo, a nós e a Deus. Podendo trazer grandes danos na nossa vida, dos nossos familiares, amigos e todos os que passam por nosso caminho.
Cuidemos do nosso coração para que de nossa boca saiam palavras que edifiquem, auxiliem, consolem e que só causem impactos positivos.
Trabalhemos para que estas palavras sejam sementes lançadas em terrenos áridos, cultivando frutos e flores, alimentando e embelezando a nossa caminhada e a do nosso próximo, tornando as nossas vidas mais leves, felizes e nos aproximando cada vez mais de Deus, nosso Pai.
REFLETIR é uma forma de ser caridoso e demostrar AMOR a si e ao nosso próximo.

Texto do Evangelho para a semana: Capítulo: III – Item: 11

 

ORAÇÃO DIANTE DA PALAVRA

 

Senhor!

Deste-me a palavra por semente de luz.

Auxilia-me a cultiva-la.

Não me permitas envolve-la na sombra que projeto.

Ensina-me a falar para que se faça o melhor.

Ajuda-me a lembrar o que deve ser dito e a lavar da memória tudo aquilo que a tua bondade espera se lance no esquecimento.

Onde a irritação me procure, induze-me ao silêncio, e, onde lavre o incêndio da incompreensão ou do ódio, dá que eu pronuncie a frase calmante que possa apagar o fogo da ira.

Em qualquer conversação, inspira-me o conceito certo que se ajuste à edificação do bem, no momento exato, e faze-me vigilante para que o mal não me use, em louvor da perturbação.

Não me deixes emudecer, diante da verdade, mas conserva-me em tua prudência, a fim de que eu saiba dosar a verdade em amor, para que a compaixão e a esperança não esmoreçam, junto de mim.

Traze-me o coração ao raciocínio, sincero sem aspereza, brando sem preguiça, fraterno sem exigência e deixa, Senhor, que a minha palavra te obedeça à vontade, hoje e sempre.

 

Do Livro: Caminho Espirita

Espíritos Diversos

Psicografia de: Francisco Cândido Xavier