Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DE COMBATE AOS VÍCIOS

“Estás, na Terra, com a finalidade de abrir sepulturas para os vícios e dar asas às virtudes.”
Joanna de Angelis

AMIGOS DO GRUPO

Triste daquele que de alguma forma encontra-se escravo de algum vício, seja ele, o álcool, o fumo, as temíveis drogas ou ainda os vícios morais, como o orgulho, a mentira, a maledicência, o melindre, a cobiça entre tantos outros, que infelizmente ainda predominam na maioria dos seres humanos.
Mas feliz daquele que ao entender o Verdadeiro significado da “LEI DE AMOR” e pelo esclarecimento que a doutrina Espírita traz sobre a Reencarnação, transforma a “fé cega” em “Fé Raciocinada” e escolhe seguir o caminho do bem.
Vamos nos empenhar não apenas em combater nossos vícios dia após dia, mas também auxiliar aquele que se encontra igualmente escravo e infeliz, sem julgar nem discriminar, apenas amar e auxiliar sempre que possível.
O combate aos vícios pode não ser tarefa fácil, mas conscientes da condição de espíritos imortais que somos e em permanente processo evolutivo, torna-se humanamente possível.
Lembremo-nos de que nunca estamos sós, estamos sempre acompanhados por Jesus e nossos amigos espirituais, e através da prece podemos pedir auxílio e forças para vencermos as fraquezas e dificuldades da vida, não esquecendo de que, seja qual for o caminho, a escolha será sempre nossa.
Vamos escolher dizer “NÃO” e “SIM” no momento certo…
Dizer “NÃO” aos vícios de toda espécie é, na maioria das vezes, o mesmo que dizer “SIM” a saúde, a vida, a verdade, a família, a união, a paz e principalmente é escolher ser de fato “Um Homem de Bem”.

Texto do Evangelho para a semana:
Capitulo: XVII – Item 3 – Parágrafos 11, 12 e 13 – O Homem de Bem

PURIFIQUEMO-NOS
“De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, e preparado para toda a boa obra.” – Paulo. (II Timóteo 2:21.)

Em cada dia de luta, é indispensável atentar para a utilização do vaso de nossas possibilidades individuais.
Na Terra, onde a maioria das almas encarnadas dorme ainda o sono da indiferença, é mais que necessária a vigilância do trabalhador de Jesus, nesse particular.
Quem não guarde os ouvidos pode ser utilizado pela injustiça. Quem não vigie sobre a língua pode facilmente converter-se em vaso da calúnia, pela leviandade ou pela preocupação de sensacionalismo. Quem não ilumine os olhos pode tornar-se vaso de falsos julgamentos. Quem não se orientar pelo espírito cristão, será naturalmente conduzido a muitos disparates e perturbações, ainda mesmo quando a boa-fé lhe incuta propósitos louváveis.
Os homens e mulheres, de todas as condições, estão sendo usados pelas forças da vida, diariamente. Por enquanto, a maioria constitui material utilizado pela malícia e pela viciação. Vasos frágeis e imperfeitos, fundem-se e refundem-se todos os dias, em meio de experiências inquietantes e rudes.
Raríssimos são aqueles que, de interior purificado, podem servir ao Senhor, habilitados para as boas obras. Muitos ambicionam essa posição elevada, mas não cuidam de si mesmos. Reclamam a situação dos grandes missionários, exigem a luz divina, clamam por revelações avançadas, contudo, em coisa alguma se esforçam por se libertarem das paixões baixas.
Observa, pois, amigo, a que princípios serves na lida diária. Lembra-te de que o vaso de tuas possibilidades é sagrado. Que forças da vida se utilizam dele? Não olvides, acima de tudo, que precisamos da legítima purificação, a fim de que sejamos vasos para honra e idôneos para uso do Senhor.

Do Livro: Vinha de Luz
Pelo Espírito: Emmanuel
Psicografia de: Chico Xavier

impressora