Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DE COMBATE A IGNORÂNCIA

Semana de 15 a 21 de outubro

AMIGOS

Dentre os significados da palavra ignorância tomaremos como referência um do dicionário Aurélio “Estado de quem ignora ou desconhece alguma coisa”. Ao refletirmos sobre esse enunciado concluímos o quão ainda somos ignorantes, e o quanto ainda temos a aprender no ciclo material, e no ciclo espiritual? Estamos dando os primeiros passos rumo ao infinito.

É bem verdade que a misericórdia divina sempre nos auxilia colocando ao nosso dispor todas as possibilidades para o nosso desenvolvimento – da natureza terrestre aos astros do universo tudo conspira para o nosso aprendizado, é a força da Lei de Progresso.

Porém, a ação na direção do conhecimento, do desenvolvimento é pessoal, por isso que o Mestre em uma de suas parábolas nos adverte “Pedi e se vos dará; buscai e achareis; batei à porta e se vos abrirá.” Então o que estamos esperando! Vamos pedir, mas também agir para nos tornarmos pessoas melhores; vamos buscar no estudo a compreensão do mundo material e do mundo espiritual; vamos bater na porta da caridade e lhe oferecer o nosso concurso no auxílio a todos os necessitados de bens materiais e principalmente dos espirituais.

No Evangelho do Apóstolo João 8:32 encontramos “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”.

Texto do Evangelho para a semana: Cap.: XXV – Itens: 1 e 2.

ENTENDIMENTO
“Transformai-vos pela renovação do vosso entendimento. ” – Paulo (Romanos, 12:2.)

Quando nos reportamos ao problema da transformação espiritual, a comunidade dos discípulos do Evangelho concorda conosco, quanto a semelhante necessidade, mas nem todos demonstram perfeita compreensão do assunto.
No fundo, todos anelam a modificação, no entanto, a maioria não aspira senão à mudança de classificação convencional.
Os menos favorecidos pelo dinheiro buscam escalar o domínio das possibilidades materiais, os detentores de tarefas humildes pleiteiam as grandes posições e, num crescendo desconcertante, quase todos pretendem a transformação indébita das oportunidades a que se ajustam, mergulhando na desordem inquietante. A renovação indispensável não é a de plano exterior flutuante. Transformar-se-á o cristão devotado, não pelos sinais externos, e sim pelo entendimento, dotando a própria mente de nova luz, em novas concepções.
Assim como qualquer trabalho terrestre pede a sincera aplicação dos aprendizes que a ele se dedicam, o serviço de aprimoramento mental exige constância de esforço no bem e no conhecimento.
Ainda aqui, é forçoso reconhecer que a disciplina entrará com fatores decisivos.
Não te cristalizes, pois, em falsas noções que já te prejudicaram o dia de ontem.
Repara a estrutura dos teus raciocínios de agora, ante as circunstâncias que te rodeiam. Pergunta a ti próprio quanto ganhaste no Evangelho para analisar retamente esse ou aquele acontecimento de teu caminho. Faze isto e a Bondade do Senhor te auxiliará na esclarecedora resposta a ti mesmo.

Do Livro: Pão Nosso
Pelo Espírito: Emmanuel
Psicografia de: Francisco Cândido Xavier