Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DE BUSCAR A DEUS

“(…) Em qualquer circunstância, recorda que Deus não nos abandona. A cada novo dia, entrega-te a Deus e Deus te sustentará.”
Emmanuel

AMIGOS

Em qualquer situação ou lugar que nos encontremos, busquemos a presença de Deus.
Perceberemos que ele está presente em tudo, do simples ao complexo…
Deus está presente em cada amanhecer; no cantar dos pássaros; na fúria ou calmaria das ondas do mar; no brilho das estrelas; no orvalho que acaricia as plantas; no ar que respiramos; na água que sacia a sede; no sorriso da criança; na experiência do mais velho; na esperança do enfermo; na fé que sustenta e salva.
Poderíamos citar muito mais, mas não se faz necessário. Necessário mesmo é que tenhamos essa consciência da presença de Deus em tudo, para que nos momentos em que as dificuldades chegarem, tenhamos a certeza de que, como sempre ele estará lá, nos amparando e iluminando para que possamos sair vencedores.
Busquemos a Deus sempre, para pedir, para exaltar e principalmente para agradecer pelo presente da vida e por sua presença constante.
Busquemos nos reformar intimamente, para que sejamos moradas dignas de todo seu amor.
Quanto mais nos melhorarmos, mais sentiremos sua presença na nossa vida e nos nossos atos.
Busquemos a Deus e o encontraremos longe, perto e principalmente dentro de nós.

Texto do Evangelho para a semana:
Capitulo: –XXV – Buscai e achareis – Item 5

 

TRANQUILIZANTE

Não são os problemas da vida em si que nos agravam a tensão nervosa.

São as questões-satélites que nascem de nossas dificuldades para aceitá-los.

Quantas vezes, pervagamos na Terra, sofrendo emoções desequilibradas, diante de companheiros queridos que não desejam, por agora, o nosso modo de ser?

E em quantas outras nos atormentamos inutilmente, perante obstáculos complexos que claramente não nos será possível liquidar em apenas um dia?

Entretanto, observemos:

enfermidades aparecerão sempre no mundo, pedindo tratamento e não inconformidade para as melhoras precisas;

entes amados em luta são telas de rotina, solicitando entendimento e não atitudes condenatórias para alcançarem o reequilíbrio;

erros nossos e faltas alheias fazem parte do nosso aprendizado na escola da experiência, exigindo calma e não censura para serem retificados;

tentações são inevitáveis, em todos os sentidos, nos climas de atividade indispensáveis à nossa formação de resistência, reclamando serenidade e não agitação para serem extintas.

Em todas as situações aflitivas, use a prece como sendo o nosso melhor tranquilizante no campo do espírito.

E quando problemas apareçam não se deixe arrastar nas labaredas da angústia.

Você pode ficar em paz.

Para isso, basta que você trabalhe e deixe Deus decidir.

Do livro: Busca e Acharás
Pelo Espirito: Emmanuel
Psicografia de: Francisco Cândido Xavier