Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DA PERSEVERANÇA

“Sem a chama da perseverança, a educação não pode patrocinar a iluminação das consciências.”
Emmanuel

AMIGOS DO GRUPO

A perseverança é firmeza ou constância num sentimento, numa resolução, num trabalho, apesar das dificuldades e dos incômodos do caminho.

Se não perseverarmos, não dermos continuidade nos esforços do dia-a-dia, tudo o que realizamos até um dado momento poderá se transformar em obra inacabada, reclamando conclusão.

Não devemos deixar que a rotina, o desânimo, a incerteza e o medo de mudanças, sejam obstáculos para desistirmos dos nossos ideais, dos nossos sonhos.

Devemos estar atentos também, para que as influências negativas não nos deixem sem vontade de viver, de continuar na luta, sem acreditar em nosso potencial. Se aceitarmos essas influências nos tornaremos uma pessoa frustrada, infeliz, que reclama de tudo e de todos.

Para nos renovarmos na trilha do bem é preciso um trabalho contínuo e perseverante, e é no evangelho Amigo! Que encontrarás a paciência necessária; a resignação que equilibra; a coragem que estimula; a humildade que compreende e a fé que realiza.

Texto do Evangelho para a semana:
Cap. XXIV – A candeia debaixo do alqueire – Carregar sua Cruz – item 19

PERSEVERAR

“…aquele que perseverar até o fim será salvo.”

Jesus (Mateus, 10:22)

Todas as vitórias da criatura são frutos substanciosos da perseverança.
Perseverando na edificação do progresso, mentes e corações, sem cessar, renovam os itinerários da própria vida.

O estudante incipiente chega a ser o erudito professor.

O curioso bisonho transforma-se no artífice genial.

A alma inexperiente atinge a angelitude.

Dir-se-ia constituir o triunfo evolutivo um hino perene à constância no aprendizado.

Sem firmeza a tenacidade, a teoria do projeto jamais deixará o sonho do vir a ser.

Por esse motivo, compete-nos recordar a necessidade imperiosa da perseverança desde os mínimos cometimentos até às realizações mais expressivas do bem para atingirmos o êxito duradouro.

Sem a chama da perseverança, a educação não pode patrocinar a iluminação das consciências; a edificação assistencial não surge na face planetária qual farol benfazejo asilando os náufragos da viagem terrena, e o “homem de ontem”, não alcança a claridade do “homem de hoje” para maiores conquistas do “homem de amanhã”.

Se almejas superar a ti mesmo, recorda a firme inflexão da voz do Cristo Excelso: – “aquele que perseverar até o fim será salvo”.

Asila-te na fortaleza da fé viva, lembrando que os transes que te visitam, por mais profundos e desconcertantes, têm limites justos e naturais, e que nos cabe o dever de servir, confiar e esperar, para nossa própria felicidade, aqui e agora, hoje, amanhã e sempre.

Texto do Livro: Ideal Espírita
Pelo Espírito: Autores Diversos
Psicografia de: Francisco Cândido Xavier

impressora