Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DA PAZ FAMILIAR

“Começa na família a tua obra de extensão à fraternidade geral.”
Joanna de Ângelis

Amigos do Grupo

A família é o núcleo de aprendizado, nos preparando para vivermos em sociedade.
Viver em paz na família depende muito de nós.
Se tivermos algum familiar que representa um problema, devemos nos perguntar qual a lição que a vida está nos trazendo.
É preciso paciência, aceitação, perdão, doação.
Não adianta amarmos os de fora se não amarmos os de casa.
Dê o primeiro passo para que a sua família viva melhor, começando com pequenos gestos. Pela manhã, fale bom dia! Sorria, ore, agradeça, faça gentilezas, elogie e verá que a sua família vai ficar mais feliz e a paz dominará seu lar.

Texto do Evangelho: cap. XIV – item 9 – Parágrafos 1, 2, 3 e 4

E A SUA FAMÍLIA?

“A paz do mundo começa sob as telhas a que nos acolhemos.
Se não aprendemos a viver em paz entre quatro paredes, como aguardar a harmonia das nações?”

Vejam a sabedoria de Jesus, demonstrando seu mais profundo conhecimento da alma humana. De fato, nós podemos mesmo confirmar essa advertência do Mestre, analisando a nossa conduta fora de casa, quando temos algum problema dentro da família. Se já começamos o dia com desavenças no lar, ainda que de pequena monta, nosso dia parece que não engrena. Algo parece que está amarrado, dificultando o nosso deslanche. E aquela desarmonia familiar tende a se reproduzir fora do lar, seja no trânsito, no trabalho ou na escola. Quantas crianças têm experimentado queda no rendimento escolar quando seus pais passam por desavenças conjugais? Muitas chegam, inclusive, à repetência, sem falar ainda em doenças adquiridas em tempos de crise conjugal. E, por vezes, as desavenças dos pais são tão profundas que provocam verdadeiros traumas psicológicos nos filhos. Só que um dia a criança também cresce e pode se tornar um novo pai ou uma nova mãe, com um perigo muito grande de reprodução daqueles transtornos vivenciados na infância.
Mas, se, do contrário, temos harmonia em casa, tudo conspira a nosso favor, sentimos que somos amados, queridos por nossos familiares. E aí o nosso comportamento no meio social tende a ser muito melhor, pois temos uma grande retaguarda de amor em nossa família. A família tem uma importância infinita para todos nós. Sem a família não há evolução espiritual, ao menos em nosso atual estágio evolutivo.

Trecho do capítulo 21 do livro: Sem Medo de Ser Feliz
De: José Carlos de Lucca