Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DA PACIÊNCIA

Semana de 04 a 10/02.

“Esforça-te no bem e espera com paciência.”
Meimei

AMIGOS

Tudo sempre passa e a todo momento tudo se renova em nosso entorno, por isso em nossas preces diárias devemos pedir paciência, para não nos entregarmos ao desânimo.
Ter paciência é praticar a caridade com o próximo e consigo mesmo. A humanidade não se encontra toda no mesmo patamar, nem aquele que está muito próximo, em nosso lar, por exemplo, não está no mesmo degrau evolutivo que nós.
Sendo assim, devemos avaliar se não estamos sendo duros demais, exigindo do outro o que nós mesmos não podemos dar.
A paciência é uma virtude a ser conquistada, e para se tornar virtude, requer nosso esforço.
Se hoje passamos por alguma aflição ou desgosto, lembremos que sempre terá um novo dia, com dádivas oferecidas por Deus, para procuramos fazer sempre o melhor.
Jesus nos aguarda pacientemente, enquanto evoluímos e seguir seu exemplo é o caminho.

Texto do Evangelho – ESE – Cap. IX – item 7 – A Paciência.

Guarda a paciência
“Porque necessitais de paciência, para que, depois de haverdes feito a Vontade de Deus, possais alcançar a promessa.” Paulo. (HEBREUS, 10:36.)

Provavelmente estarás retendo, há muito tempo, a esperança torturada.
Desejarias que a resposta do mundo aos teus anseios surgisse, imediata, agasalhando-te o coração; entretanto, que paz desfrutarias no triunfo aparente dos próprios sonhos, sem resgatares os débitos que te encadeiam ao problema e à dificuldade?
Como repousar, ante a exigência do credor que nos requisita?
Descansará o delinquente, antes da justa reparação à falta cometida?
Sabes que o destino materializar-se-á os planos de ventura, que a vitória te coroará, enfim, a senda de luta, mas reconheces-te preso ao círculo de certas obrigações.
O lar convertido em forja de angústia…
A instituição a que serves, onde sofres a intromissão da calúnia ou o golpe da crueldade…
O parente a que deves respeito e carinho, do qual recolhes menosprezo e ingratidão…
A rede dos obstáculos…
A conspiração das sombras…
A perseguição gratuita, a enfermidade do corpo, a imposição do ambiente…
Se as provas te encarceram nas grades constringentes do dever a cumprir, tem paciência e satisfaze as obrigações a que te enlaçaste!…
Não renuncies ao trabalho renovador!
Recorda que a Vontade de Deus se expressa, cada hora, nas circunstâncias que nos cercam! Paguemos nossas contas com a sombra, para que a Luz nos favoreça!
Em verdade, alcançaremos a concretização dos nossos projetos de felicidade, mas, antes disso, é necessário liquidar com paciência as dívidas que contraímos perante a Lei.

Do Livro: Fonte Viva
De: Emmanuel
Psicografia de: Francisco Cândido Xavier