Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DA NOSSA HUMANIZAÇÃO

“HUMANIZAR é tomar para si a dor alheia num ato de amor extremo. É dedicar-se a outrem com a pureza do coração. Humanizar é tornar-se melhor, tendo como intuito apenas o amor.”
José Souza

AMIGOS DO GRUPO

Segundo as definições encontradas nos dicionários, a palavra “humanizar” pode ser entendida como: Tornar humano. Tornar benévolo. Tornar afável. Tornar tratável.
Todos esses aspectos relacionados ao ser humano. Mas como fazer com que o ser humano torne-se humano, benévolo, afável e tratável? Só existe um caminho, apontado pela própria Doutrina Espírita: a educação, pois a finalidade maior do Espiritismo é tornar a todos nós homens de bem.
A nossa reeducação é papel importante na nossa mudança, por ser formadora do caráter vence o personalismo, a vaidade, o egoísmo, o orgulho. Todas estas ações requerem sentimentos nobres que só podem ser doados e oferecidos por aqueles que verdadeiramente os vivem.
A humanização dentro do Centro Espírita é a pura revivescência do sentimento cristão, é processo definitivo de revitalização do compromisso com Jesus, com a Doutrina e com o próprio Centro Espírita.
Esta humanização deve começar em nosso lar, se estender a todos os campos de ação, inclusive no nosso grupo de trabalho na casa espírita. Saber do outro, colocar-se no lugar dele para melhor entendê-lo e auxiliá-lo.
Na proposta de Joanna de Ângelis, a generosa mentora diz que o centro espírita somente se torna completo com a nossa “Humanização”. Uma nova e promissora vereda desponta-se na vida daqueles que fruem o ambiente do Centro Espírita, pois na casa de Jesus e Kardec o Amor é a lição primeira, e as relações abrem-se para o afeto. Humanizemo-nos, amemo-nos, comecemos pelo nosso grupo de trabalho, tornemo-nos melhores cristãos.

Texto do Evangelho – Cap.XVII – Sede Perfeitos – item 7 – O Dever

Humanização: o futuro da humanidade

Humanizar é tornar-se humano, adquirir novos hábitos mais apropriados sob o prisma da ética e da moral distanciando-se da ignorância, estupidez, desamor… É educar-se sendo mais benévolo, enfim, evoluir o “eu espírito”.
A humanização deve existir em todas as nossas ações. Um exemplo de humanização na convivência é a assimilação de características mais amorosas e conscientes, como a união, a harmonização do grupo entre si e com o todo, afinal, a parceria estruturada no amor. Quando não colocamos nossas energias positivas de amor no trabalho que realizamos, nada sai bem feito.
Mas, como proceder para nos tornarmos mais humanos?
Primeiramente vamos imaginar como gostaríamos de ser tratados em relação a tudo e a todos. Diante desta visão e desejo, começar então a agir de acordo com nossos próprios anseios e ideais em nossos relacionamentos com a família, a humanidade, a empresa onde atuamos, o nosso próximo…
Porém, quem devo enxergar como “próximo”?
A criança, ser frágil que é agredida não tem como se defender; o idoso dependente que é rejeitado; o trabalhador massacrado e humilhado pelo patrão sem chance para argumentar; a empresa necessitada e pressionada por outras; o patrão lesado pelo colaborador; aquele que passa fome e dificuldades e todos fingem não ver… Afinal, poderia ficar aqui relatando horas e não haveria fim, pois que, toda relação que existe entre os seres humanos deve estar atrelada à conscientização dos atos e ações de cada um.
Tratar bem é ser humano, é humanizar-se, é dar valor, à família, aos amigos, aos relacionamentos pessoais, comerciais…
A humanização está atrelada à espiritualização do ser, é a ordem do milênio. Tratar bem quem cruzar o nosso caminho tem que ser indubitavelmente nossa obrigação, todo ser merece respeito assim como nós também merecemos. E quem assim não agir, não estará preparado para o século XXI.
Infelizmente muitos ainda pensam que a felicidade está nas conquistas materiais, porém enganam-se fervorosamente, pois ela está em sentir o prazer de fazer o bem, de ajudar, somar, e assim contrair parceiros honrados, éticos, moralizados que crescerão juntos.
Ajudar a quem necessita e está passando por dificuldades é que nos dá a melhor e maior sensação de bem-estar que o ser pode ter, é a tão procurada satisfação interior, e isto é que atrairá todo o bem até nós.
Humanize-se, seja parte integrante do futuro promissor e feliz do planeta, seja um espelho do bem para os que estão a sua volta.
Este é o futuro e, atrairemos para nós exatamente o que fizermos ao outro. Humanização: o futuro da humanidade.

Adaptado do Texto de Leontina Rita Acorinti Trentin
www.institutoatlantida.com.br

impressora