Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DA MEDITAÇÃO

Semana de 30/04 à 06/05

“Meditação é um processo através do qual podem ser resolvidos conflitos e males, ao invés de vivermos com eles por toda a vida”.
Yogi Bhajan
(Ele foi o primeiro a ensinar a ciência do Kundalini Yoga publicamente quando chegou ao ocidente.)

AMIGOS

Nós ocidentais, fazemos muito pouco uso da meditação. Hoje já temos comprovação científica que esta prática auxilia no processo de crescimento, discernimento e lucidez do ser humano.
Joanna de Ângelis nos orienta: “Quem ora fala, quem medita ouve.”
Não é pela quantidade de palavras e nem pelo petitório infindo que iremos entrar em sintonia com Deus, é preciso dedicar alguns momentos do dia em meditação e ouví-Lo.
Está comprovado que, quem medita torna-se mais sereno, mais equilibrado, mais compreensivo perante as limitações e imperfeições humanas.
“Quem caminha sem meditar, perde o contato consigo mesmo”. Projeto Manoel Philomeno de Miranda.
Com os esclarecimentos dos consagrados autores espíritas, percebemos que a prática da meditação é um valioso instrumento para a nossa transformação e, ao contrário do que muitos pensam tem tudo a ver com a doutrina Espírita. Então vamos meditar!

Texto do Evangelho – Capítulo XVIII – Item 15

TÉCNICAS DE MEDITAÇÃO

Qual o ponto de partida para nos adentrarmos na arte da meditação?
Começa o teu treinamento meditando diariamente num pensamento do Cristo, fixando-o pela repetição e aplicando-o na conduta através da ação.
Aumenta, a pouco e pouco, o tempo que lhe dediques, treinando o inquieto corcel mental e aquietando o corpo desacostumado.

Quais as dificuldades a superar a fim de controlar a mente durante a meditação?
Sensações e continuados comichões que surgem, atende-os com calma, a mente ligada à ideia central, até conseguires superá-los.
A meditação deve ser atenta, mas não tensa, rígida.
Concentra-se, assentado comodamente, não, porém, o suficiente para amolentar-te e conduzir-te ao sono.
Envida (empenha) esforços para vencer os desejos inferiores e as más inclinações.
Dias haverá mais difíceis para o exercício. O treinamento, entretanto, se responsabilizará pelos resultados eficazes.
Não lutes contra os pensamentos. Conquista-os com paciência.
Tão natural se te tornará a realização que, diante de qualquer desafio ou problema, serás conduzido à ideia predominante em ti, portanto, a de tranquilidade, de discernimento.

Quais os procedimentos e condições para se meditar?
Escolhe um lugar asseado, agradável, se possível, que se te faça habitual, enriquecendo-lhe a psicosfera com a qualidade superior dos teus anelos (desejos).
Reserva-te uma hora calma, em que estejas repousado.
Invade o desconhecido país da tua mente, a princípio reflexionando sem censurar, nem julgar qual observador equilibrado diante de acontecimentos que não pode evitar.
Respira, calmamente, sentindo o ar que te abençoa a vida.
Procura a companhia de pessoas moralmente sadias e sábias, que te harmonizem. (Momentos de Meditação)

Com essa técnica simples apresentamos uma forma terapêutica para a libertação de alguns conflitos, que devem ser trazidos, um a um, à visualização, através do tempo, superando-os ou diluindo-os. Caso permaneçam alguns mais difíceis de liberação, é evidente que a pessoa necessita de um grupo de apoio, ou de um psicoterapeuta para tanto credenciado pelas Academias. (Vida: Desafios e Soluções)

Do livro: Consciência e Mediunidade
Do Projeto Manoel Philomeno de Miranda