Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DA MANSUETUDE

“Quando a paz e a mansuetude ganharem nosso mundo íntimo, certamente estará mais próximo o dia em que viveremos em um planeta de paz”.
www.forumespirita.net

AMIGOS DO GRUPO

O que é mansuetude? Qual o seu significado?
O dicionário nos ensina que mansuetude é a virtude daquele que é manso, que possui o gênio brando; que é suave e pacífico; de temperamento fácil.
É aquele em quem falta agitação; age sem pressa; desprovido de inquietação; com tranquilidade ou brandura, raciocinando antes de agir precipitadamente.
Os mais exaltados podem até dizer que os mansos, os que fazem uso da mansuetude são fracos, mas na verdade é necessário muita força de caráter para não se rebelar ante os acontecimentos, para não se revoltar, para não se desequilibrar ante os embates da vida.
A mansuetude anda sempre junto com a piedade e a fé. Somente o homem munido desta mansidão é capaz de calmamente analisar as grosserias, as incivilidades dos agitados e sentir piedade por aquela criatura que ainda não desenvolveu a capacidade de usar de serenidade ante os problemas, partindo logo para a ignorância, que é a causa de todos os males.
Jesus era manso e pacífico e nunca se viu na terra espírito mais potente, mais forte, mais grandioso do que Ele.
Foi por isso que nos deixou a orientação que devemos seguir sem riscos:
“Bem aventurados os mansos porque eles herdarão a terra, bem aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus”. (Mateus 5:9)

Texto do Evangelho- cap. IX itens 3 e 4

Mansuetude, o que é?

O que entendemos por mansuetude?
Será a postura dos que se humilham diante das calúnias, dos que abaixam a cabeça constantemente e dos que se fazem submissos em face do atrevimento dos outros?
Mansuetude é uma qualidade da alma; dela nasce o poder da não-violência.
Os mansos são aqueles de índole pacífica, que conseguiram conquistar a harmonia interior, distribuindo equilíbrio por onde passam, porquanto vivenciam na própria intimidade uma relação harmônica – a razão aliada ao sentimento.
Os mansos são sábios. Não decretam ordem pela força bruta, não são déspotas; são fortes em si mesmos e têm atitudes serenas. Por sinal, para muitos, o comportamento sereno pode parecer fraqueza, tolice e desatino.
“Manso de coração”, a que se referia Jesus Cristo, é aquele que se desvincula emocionalmente dos eventos da vida, que, ora prazerosos ora desgastantes, nos hipnotizam, anulando nossa habilidade de captar com precisão a serventia dos fatos, seja no momento presente, seja nos minutos seguintes e – por que não? – até nos dias, meses e anos vindouros.
Mansuetude é uma conquista da criatura que aprendeu a ver uma “sequência lógica”, uma “ordem natural” nas ocorrências da vida, percebendo que para tudo há um “encadear preparatório” para que se possa alcançar definitivamente um bem maior.
É o ser que mantém sob controle seu mundo mental, criando, consequentemente, a tranquilidade e a harmonia a que se referia Jesus: “tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração”.
Mansuetude é tranquilidade da alma enriquecida pelas experiências da vida e que sabe que a única coisa que pode mudar e controlar é a própria maneira de agir e pensar.
É a serenidade de quem entendeu que o ontem e o amanhã são cargas que somente Deus pode sustentar, e que a ela cabe apenas a carga de um só dia.

Mensagem do livro – UM MODO DE ENTENDER
Médium: Francisco do E. S. Neto – Espírito: Hammed

impressora