Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DA FÉ

Semana de 07 a 13 de janeiro.

“Portanto todo aquele que ouve estas minhas palavras e as pratica, será comparado ao homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha.”
Matheus 7:24

AMIGOS

Avaliando em profundidade nossa relação atual com o contexto da “FÉ”, percebamos que em verdade vivemos um grande conflito de interesses, especificamente dois tipos de interesses conflitantes por seus fins, a saber: a fé arraigada, se permitirem assim expressar, fruto de nossa percepção e dependência ainda material, que faz-nos buscar o prazer, a posse, a hegemonia= (superioridade), o destaque, a relevância, o bem estar material enfim; e o fruto de nossos estudos e a percepção que esta orientação, vinda dos Espíritos de Deus, nos apresenta e parece-nos deixar suficientemente clara, a realidade que realmente é nossa destinação, “Seres Espirituais”, Seres criados e destinados ao infinito da perfeição que nos aguarda, como partícipes da grande Obra Divina e que carregaremos a cada salto evolutivo, reencarnações, somente o resumo de nossas escolhas no bem ou no mal.
Fé, nesta dicotomia=(oposição) de interesses, para qual realmente estamos pendendo, considerando-se o necessário equilíbrio, em nossa natureza ainda incompleta, para manter o que nos cabe na manutenção de nossa ferramenta corporal, provedora ainda de nosso destino a Caminho da Luz.

Texto do Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap. XIX – Item 06
A FÉ RELIGIOSA. CONDIÇÃO DA FÉ INABALÁVEL.

HOMENS DE FÉ

Os grandes pregadores do evangelho, sempre foram interpretados à conta de expressões máximas do Cristianismo, na galeria dos tipos veneráveis da fé; entretanto, isto somente acontece quando os instrumentos da verdade, efetivamente, não olvidaram a vigilância indispensável ao justo testemunho.
É interessante verificar que o Mestre destaca, entre todos os discípulos, aquele que lhe ouve os ensinamentos e os pratica. Daí se conclui que os homens de fé não são aqueles apenas palavrosos e entusiastas, mas os que são portadores da atenção e da boa vontade, perante as lições de Jesus, examinando-lhes o conteúdo espiritual para o trabalho de aplicação no esforço diário.
Reconforta-nos assinalar que todas as criaturas em serviço no campo evangélico seguirão para as maravilhas interiores da fé. Todavia, cabe-nos salientar, em todos os tempos, o subido valor dos homens moderados que, registrando os ensinos e avisos da Boa Nova, cuidam, desvelados, da solução de todos os problemas do dia ou da ocasião, sem permitir que suas edificações individuais se processem longe das bases cristãs imprescindíveis.
Em todos os serviços, o concurso da palavra é sagrado e indispensável, mas aprendiz algum deverá esquecer o sublime valor do silêncio, a seu tempo, na obra superior do aperfeiçoamento de si mesmo, a fim de que a ponderação se faça ouvida, dentro da própria alma, norteando-lhe os destinos.

Do Livro: Pão Nosso
De: Emmanuel
Psicografia de: Francisco Cândido Xavier