Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DA ESPERANÇA

Semana de 29/01 a 04/02

“Ajamos na construtuvidade com Jesus, sejamos semeadores da esperança.”
Emmanuel

AMIGOS

Às vezes temos a impressão que em nossa vida não há mais saída, que chegamos no fundo do poço e não tem ninguém, nem nada que possa nos ajudar. Fazemos planos, traçamos objetivos e de repente tudo fica distante, a luz no fim do túnel parece ter-se apagado. A sensação de estarmos sozinhos no mundo é muito presente.
Quando menos esperamos, aparece alguém ou acontece algo que muda toda esta paisagem e a esperança renasce em nossos corações.
Quando a chama da esperança reacende, voltamos a fazer planos, sonhar, desejar que o melhor aconteça, mudando assim, o nosso padrão vibratório.
Relembremos o nosso Mestre Jesus, que é só esperança, a nos confortar através da prece, como um bálsamo suave penetrando em nossas fibras mais íntimas, trazendo alento e equilíbrio.
Tenhamos a esperança de realizações superiores, de paz, construindo assim, dias melhores.

Texto do Evangelho – Capítulo XIX – Item 11 – A Fé, Mãe da Esperança e da Caridade.

ESPERANÇA

“Porque tudo que dantes foi escrito,
para nosso ensino foi escrito,
para que pela paciência e consolação
das Escrituras tenhamos esperança.”
– Paulo. (Romanos, 15:4.)

A esperança é a luz do cristão.
Nem todos conseguem, por enquanto, o voo sublime da fé, mas a força da esperança é tesouro comum.
Nem todos podem oferecer, quanto querem, o pão do corpo e a lição espiritual, mas ninguém na Terra está impedido de espalhar os benefícios da esperança.
A dor costuma agitar os que se encontram no “vale da sombra e da morte”, onde o medo estabelece atritos e onde a aflição percebe o “ranger de dentes”, nas “trevas exteriores”, mas existe a luz interior que é a esperança.
A negação humana declara falências, lavra atestados de impossibilidade, traça inextricáveis labirintos, no entanto, a esperança vem de cima, à maneira do Sol que ilumina do alto e alimenta as sementeiras novas, desperta propósitos diferentes, cria modificações redentoras e descerra visões mais altas.
A noite espera o dia, a flor o fruto, o verme o porvir… O homem, ainda mesmo que se mergulhe na descrença ou na dúvida, na lágrima ou na dilaceração, será socorrido por Deus com a indicação do futuro.
Jesus, na condição de Mestre Divino, sabe que os aprendizes nem sempre poderão acertar inteiramente, que os erros são próprios da escola evolutiva e, por isto mesmo, a esperança é um dos cânticos sublimes do seu Evangelho de Amor.
Imensas têm sido, até hoje, as nossas quedas, mas a confiança do Cristo é sempre maior. Não nos percamos em lamentações. Todo momento é instante de ouvir Aquele que pronunciou o “Vinde a Mim…”
Levantemo-nos e prossigamos, convictos de que o Senhor nos ofereceu a luz da esperança, a fim de acendermos em nós mesmos a luz da santificação espiritual.

Do Livro: Vinha de Luz
De: Emmanuel
Psicografia de: Francisco Cândido Xavier