Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DA ESPERA

“— Que providências adotar contra o desânimo destruidor? — Espera! — disse Abigail como quem desejava esclarecer que a alma deve estar pronta a atender ao programa divino.
(do livro Paulo e Estevão)

AMIGOS

Esperar nem sempre nos é agradável. Somos impacientes por natureza e domar o hábito de querer tudo para ontem nem sempre é fácil. Estamos vivendo dias difíceis no nosso planeta, e para passarmos por eles com tranquilidade e confiança, necessário se faz esperar com calma e convicção.
Se você passa uma fase difícil na sua vida, lembre-se de que é apenas uma fase. Hoje tem um problema – amanhã vem a solução. Hoje só vê escuridão – amanhã encontrará a luz. Hoje a incerteza – amanhã a certeza de dias melhores. Deus não deixa sem resposta nenhum de nossos pedidos.
Se sabemos que Jesus está à frente deste planeta, aprendamos a esperar, fazendo nossa parte no trabalho que nos cabe, confiantes de que dias gloriosos virão, basta orar, trabalhar e esperar.

Texto do Evangelho cap. XIX item 11- FÉ MÃE DA ESPERANÇA E DA CARIDADE.

Esperar e Alcançar

“E assim, esperando com paciência, alcançou a promessa.”
Paulo (Hebreus, 6:15)

A esperança de atingir a paz divina, com felicidade inalterável, vibra em todas as criaturas.
O anseio dos patriarcas da antigüidade é análogo ao dos homens modernos.
O lar coroado de bênçãos.
O dever bem cumprido.
A consciência edificada.
O ideal superior convenientemente atendido.
O trabalho vitorioso.
A colheita feliz.
As aspirações da alma são sempre as mesmas em toda parte.
Contudo, esperar significa persistir sem cansaço, e alcançar expressa triunfar definitivamente.
Entre o objetivo e a meta, faz-se imperativo o esforço constante e inadiável.
Esperança não é inação.
E paciência traduz obstinação pacífica na obra que nos propomos realizar.
Se pretendes materializar os teus propósitos com o Cristo, guarda a fórmula da paciência como a única porta aberta para a vitória.
Há sofrimento em teus sonhos torturados? Incompreensão de muitos em derredor de teus desejos? A ingratidão e a dor te visitam o espírito?
Não chores perdendo os minutos, nem maldigas a dificuldade.
Guarda as surpresas do tempo, agindo sem precipitação.
Se cada noite é nova sombra, cada dia é nova luz.
Lembra-te de que nem todas as águas se acham no mesmo nível e nem todas as árvores são iguais no tamanho, no crescimento ou na espécie.
Recorda as palavras do apóstolo dos gentios.
Esperando com paciência, alcançaremos a promessa.
Não te esqueças de que o êxito seguro não é de quem o assalta, mas sim daquele que sabe agir, perseverar e esperar por ele.

Francisco Cândido Xavier.
Fonte Viva.
Pelo Espírito Emmanuel.
Capítulo 103. FEB

Caro trabalhador do IEOB!

Mais um final de ano se aproxima. Sabemos que não há fim, mas a continuidade das oportunidades que o Pai oferece.
Jesus, enquanto nosso Tutor, constantemente nos convida à semeadura e feliz é aquele que atende ao seu convite.
Nós, trabalhadores desta abençoada Casa, com muita alegria no coração, porém muitas vezes com grandes esforços, nos dispomos ao serviço cristão.
Por isso, amigos, queremos de coração agradecer a todos vocês, por fazerem parte da família Obreiros do Bem.
Sem a sua contribuição, nosso trabalho ficaria incompleto.
Celebremos mais esta etapa, com preces diárias, dirigindo o pensamento a todos os trabalhadores encarnados e desencarnados desta seara, num abraço espiritual, desejando a todos sucesso e agradecendo por estarem sempre juntos de nós, nos fortalecendo, amparando e consolando.
Desejamos a todos um Feliz Natal, com a renovação de atitudes, pensamentos e sentimentos e um novo ano com muita vontade de fazer ao próximo o que gostaríamos que fosse feito a nós.

Um grande abraço,

Sheila Vaz e Lúcia Nicoletti
Dezembro de 2012

impressora