Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DA COOPERAÇÃO

“O seu hoje representa as ações antes realizadas e o seu amanhã defluirá das suas atividades hoje desenvolvidas.”
Joanna de Ângelis

AMIGOS

O significado de cooperação é: ação ou efeito de cooperar; ato de auxiliar e/ou colaborar; contribuição.
Vamos, durante essa semana, refletir o quanto estamos sendo cooperadores, se é que estamos sendo…
O que tenho feito para a harmonia dentro do meu lar?
As palavras que saem da minha boca são positivas?
Tenho sido um bom companheiro no trabalho, independente da função que exerço?
Tenho me comportado adequadamente na via pública, como motorista ou como transeunte?
Tenho feito a minha parte, no trabalho, que abracei na casa espirita?
Se percebermos que estamos “falhando” em algum aspecto, não devemos desanimar e sim partir para a ação em nos melhorarmos. Lembremos que as pessoas que convivemos também são cooperadores para o nosso crescimento, enquanto espíritos em busca da evolução.
Não nos esqueçamos de que Deus em sua infinita bondade nos dá a cada dia a oportunidade de escolhermos o melhor caminho que nos aproximará cada vez mais Dele.
Façamos a nossa parte e nos surpreenderemos com o resultado que teremos e sentiremos, se nos empenharmos em cooperarmos no bem agindo como verdadeiros cristãos.

Texto do Evangelho para a semana: Capitulo XX – item: 2 – “Os últimos serão os primeiros”

COOPEREMOS FIELMENTE

“Pois somos cooperadores de Deus.” – Paulo.
(I CORÍNTIOS, 3:9.)

O Pai é o Supremo Criador da Vida, mas o homem pode ser fiel cooperador d’Ele.
Deus visita a criatura pela própria criatura.
Almas cerradas sobre si mesmas declarar-se-ão incapazes de serviços nobres; afirmar-se-ão empobrecidas ou incompetentes.
Há companheiros que atingem o disparate de se proclamarem tão pecadores e tão maus que se sentem inabilitados a qualquer espécie de concurso sadio na obra cristã, como se os devedores e os ignorantes não necessitassem trabalhar na própria melhoria.
As portas da colaboração com o divino amor, porém, permanecem constantemente abertas e qualquer homem de mediana razão pode identificar a chamada para o serviço divino.
Cultivemos o bem, eliminando o mal.
Façamos luz onde a treva domine.
Conduzamos harmonia às zonas em discórdia.
Ajudemos a ignorância com o esclarecimento fraterno.
Seja o amor ao próximo nossa base essencial em toda construção no caminho evolutivo.
Até agora, temos sido pesados à economia da vida.
Filhos perdulários (desperdiçadores), ante o Orçamento Divino, temos despendido preciosas energias em numerosas existências, desviando-as para o terreno escuro das retificações difíceis ou do cárcere expiatório.
Ao que nos parece, portanto, segundo os conhecimentos que possuímos, por “acréscimo de misericórdia”, já é tempo de cooperarmos fielmente com Deus, no desempenho de nossa tarefa humilde.

Texto extraído do livro: VINHA DE LUZ
Pelo espírito: Emmanuel
Psicografia de: Francisco Cândido Xavier