Sistema de Dados

Perdeu sua senha?

Repositório de Dados

Perdeu sua senha?

SEMANA DE AUXILIAR O PRÓXIMO

Semana de 12 a 18 de maio.

” Os auxílios fraternais são as mãos do amor modificando a paisagem da aflição.”
Joanna de Angelis

AMIGOS

No dicionário encontramos como sinônimo da palavra auxiliar: acudir, amparar, ajudar, apoiar, assessorar, assistir.
Todos nós, em um momento ou outro precisamos de alguma forma de auxílio, seja ele material, emocional ou espiritual e somos, igualmente, chamados a auxiliar a outros.
Nesta semana em que se comemora o dia das mães, podemos perceber que elas, as mães, são bons exemplos desse auxílio ao próximo, pois desde a concepção, inicia-se uma trajetória de auxílio, dedicação, amparo, ajuda e apoio, que vai prosseguir até o final da existência terrestre, perdurando, muitas vezes, até mesmo após a partida para o mundo espiritual, onde continuam assessorando e assistindo àqueles que são colocados sob sua tutela na condição de próximos mais próximos.
Agradeçamos às nossas mães, independentemente de onde estejam ou da condição que se encontrem, expressando nosso carinho e respeito pela sublime tarefa por elas assumida, como auxiliares do Criador, em benefício daqueles próximos, a quem elas chamam de filhos.

Texto do Evangelho para a semana:
Capitulo: – XI – O Mandamento Maior – Item – 4

O PRÓXIMO E NÓS
Esperas ansiosamente encontrar o Senhor e um dia chegarás à Divina Presença; entretanto, antes de tudo, a vida te encaminha à presença do próximo, porque o próximo é sempre o degrau da bendita aproximação.
Mas quem é o meu próximo? – perguntarás decerto, qual ocorreu ao Doutor da Lei nas luzes da parábola.
Todavia, convém saber que, além do próximo mais próximo a quem nomeias como sendo o coração materno, o pai querido, o filho de nossa bênção, o irmão estimável e o amigo íntimo, no clima doméstico; o próximo é igualmente o homem que nunca viste, tanto aquele que te fixa indiferente em qualquer canto da rua.
É a criança que passa, o chefe que te exige trabalho, o subordinado que te obedece, o sócio de ideal, o mendigo que te fala a distância…
É a pessoa que te impõe um problema, verificando-te a capacidade de auxílio…
É quem te calunia, medindo-te a tolerância…
É quem te oferece alegria, anotando-te o equilíbrio…
É a criatura que te induz à tentação, testando-te a resistência…
É o companheiro que te solicita concurso fraterno, tanto quanto o inimigo que se sente incapaz de pedir-te o mais ligeiro favor.
Às vezes tem um nome familiar que te soa docemente aos ouvidos; de outras, é categorizado por ti à conta de adversário, que não te aprova o modo de ser.
Em suma, o próximo é sempre o inspetor da vida que nos examina a posição da alma nos assuntos da Vida Eterna.
Entre ele e nós se destacam sempre a necessidade e a oportunidade a que se referia Jesus na parábola inesquecível.
Isto porque o Bom Samaritano foi efetivamente o socorro para o irmão caído na estrada de Jerusalém para Jericó, mas o irmão tombado no caminho de Jerusalém para Jericó foi para o Bom Samaritano, o ponto de apoio para mais um degrau de avanço, no caminho para o encontro com Deus.

Do livro: Livro Rumo Certo. Lição nº 09
Pelo Espírito Emmanuel
Psicografia de Francisco Cândido Xavier.